j

Lorem ipsum dolor amet, consect adipiscing elit, diam nonummy.

Search

Criar o design da sua marca – 10 questões a colocar antes de começar

Não comece a desenvolver o design da sua marca antes de responder a estas perguntas! Se for
direto ao design sem antes clarificar os fundamentos da identidade da sua marca, o design não o vai
ajudar a converter utilizadores em clientes… mesmo que seja bonito.

Pense no branding como uma casa. Não pode construir uma casa sem um projeto, nem pode criar o design de uma marca sem uma estratégia intencional.

Antes de criar qualquer design (ou até de escolher as cores para a marca) precisa de compreender
profundamente o que está a tentar comunicar. Não se preocupe, não é tão difícil quanto parece.
Elaboramos esta lista com algumas questões que vão ao fundo do assunto, de forma a ajudá-lo a
alcançar o esclarecimento necessário para criar uma identidade eficiente e estratégica para a sua
marca.

10 questões a colocar antes de iniciar o design da sua marca

1. Quem está a tentar alcançar?
Quem é a pessoa para a qual está a fazer todo este esforço? A pessoa que quer ajudar. O seu
“cliente de sonho”, se preferir. O que é que sabe acerca dele? Do que é que gosta ou desgosta?

2. Que problema a sua marca resolve?
Pense nas dificuldades do cliente. Como é que o ajuda? Por que é que ele o procura a si primeiro?
Como é que se sente antes de o procurar? Melhor ainda, como é que quer que o cliente se sinta
quando finalmente chegar à sua página?

3. Quem são os seus concorrentes?
Por outras palavras, quem é que oferece algo similar? Se fizer o branding da maneira correta, no
fundo não estará a competir com ninguém. Sabemos que é fantástico e que traz o seu próprio
“toque” à indústria. Mas é preciso que o seu público também saiba isso.

4. O que é que o diferencia?
Lembra-se que dissemos que é fantástico? Todos temos algo de especial a apresentar. Qual é a coisa
que o torna diferente ou único? O que é que faria as pessoas escolhê-lo em detrimento dos outros?
Por que é que é O MELHOR para OS SEUS clientes de sonho?

5. Que 3 ou 4 palavras descrevem a forma como quer que o cliente se sinta ao interagir com a marca?
Seja simples, use descrições curtas, de uma palavra. Isto vai ajudá-lo a estar seguro das palavras que
escolhe.

6. Quer ser conhecido pelo quê?
O que é que quer que as pessoas digam sobre a sua marca? Aposto que já ouviu alguém dizer “a
Amazon tem o melhor serviço ao cliente”. O que é que quer que digam acerca do seu negócio?

7. Quais são os seus valores centrais?

O que é que a sua marca representa? Por exemplo: nós acreditamos que todas as marcas tem uma personalidade e uma voz única  e que é imperativo um branding personalizado que corresponda ao propósito da marca e que crie um posicionamento correto na mente dos consumidores. E a sua marca em que é que acredita?

8. Se já tem branding, por que é que o quer refazer?
O que é que falta ao seu branding e que despoletou o seu desejo de o refazer? Há algo que esteja a
funcionar? Se ainda não tem qualquer branding, tente analisar algo que já tenha implementado, como as redes sociais ou o website.

9. Que imagem lhe vem à mente quando pensa na sua marca?
Esta questão não serve para decidir a componente gráfica do seu logótipo ou que cores deve
escolher. Ainda não chegámos lá. Pense neste passo como um exercício para mapear a mente e
ajudar a pintar um quadro da personalidade da sua marca. Aliás, recomendo vivamente criar um
mapa mental. É uma ferramenta ótima e sem censuras para o ajudar a libertar os seus pensamentos.
E finalmente….

10. Qual é a coisa mais importante que quer comunicar?
Mesmo que o seu público não perceba mais nada, o que é que espera que entenda sobre si? O que é
que quer que as pessoas pensem acerca da sua marca no caminho de volta a casa?
Responder a estas perguntas antes de começar a criar o design vai ajudá-lo a estabelecer uma
fundação sólida para a identidade da sua marca. Assim, pode desenvolver uma estratégia intencional
para o que quer que os seus elementos visuais comuniquem e o efeito que quer que tenham em
quem vê.

O design estratégico vai ajudá-lo não só a tornar-se verdadeiramente profissional, como também a
começar a atrair o seu público de sonho. Do you want better?!

Leave a Comment