j

Lorem ipsum dolor amet, consect adipiscing elit, diam nonummy.

Search

A diferença entre um negócio e uma marca

Talvez pense que “negócio” e “marca” são sinónimos, mas, na verdade, não são.

O que é um negócio?

O seu negócio é a sua fundação. É os produtos e serviços que oferece. É o seu modelo de negócio.

Sem um negócio, não pode haver uma marca. Como tal, antes de criar uma marca, precisa de um negócio claro.

Sozinho, o branding não vai fazer o seu negócio crescer. Investir apenas no branding não vai contribuir para o crescimento do seu negócio. O que o vai fazer é: ter uma estratégia de negócio, uma estratégia de marketing e um plano de visibilidade claros, juntamente com uma identidade bem definida para a marca.

Depois de ter passado algum tempo a trabalhar no seu negócio, estará mais esclarecido quanto a quem quer servir e como o quer fazer. É depois disto que começa a criar a marca.

O que é uma marca?

A sua marca cria uma ligação emocional com o seu público. Uma marca tem personalidade.

A sua marca é o que torna o seu negócio único. É o que o diferencia de todos os outros negócios que fazem o mesmo que o seu. Quando tem uma marca, não tem concorrência. A concorrência é um problema apenas quando o seu negócio é igual a todos os outros. Uma marca única elimina a necessidade de competir só com base no preço. Se o seu público sentir uma ligação forte com a sua marca em detrimento da sua concorrência, vai comprar os seus produtos, sem quaisquer dúvidas.

 

Crie uma ligação pessoal

As pessoas compram de forma emocional, mesmo que depois racionalizem com os benefícios que os produtos apresentam. As pessoas escolhem segundo a marca que que melhor vai refletir a sua própria identidade pessoal, ou segundo a marca que melhor vai refletir o que as outras pessoas pensem dela. Então, quanto melhor for a construir uma ligação emocional com o seu público, mais fácil será assegurar as vendas.

As pessoas já não escolhem apenas negócios para trabalhar ou comprar. Compram das marcas com que têm uma ligação pessoal.

Pense em algumas das suas empresas favoritas. Agora, pense nas razões para gostar tanto delas. É porque sabe exatamente o que oferecem? É porque adora a componente visual do branding? É porque a experiência para o cliente é excecional? Todas estas coisas tornam um negócio numa marca.

Pense na Apple, por exemplo. Há muitos artigos que escolhem o Android, e não o iOS, como o melhor sistema operativo. No entanto, aposto que a maioria das pessoas que conhece tem um iPhone e pagou um preço alto por ele. Porquê? Porque têm uma ligação emocional com a Apple. Preferem-na enquanto marca. Entram numa loja Apple e, imediatamente, querem comprar todos os produtos por causa da experiência. Isto é uma prova de que os consumidores não têm qualquer problema em pagar mais por um produto que alguns dizem ser medíocre, se adorarem a marca.

É a isto que nos referimos quando dizemos que, ao criar uma marca com que o seu público se identifique emocionalmente, não estará a competir ao nível do preço.

 

Em resumo:

O seu negócio é a sua fundação. É os produtos e serviços que oferece. É o seu modelo de negócio.

A sua marca cria uma ligação emocional com o seu público. Uma marca tem sempre personalidade e conta uma história.

Leave a Comment